Fique por dentro das nossas novidades 

Blog Gomining

Agregando valor às habilidades de leitura e escrita na era do ChatGPT

Compartilhar em:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

< Voltar para o Blog

Estamos na era do ChatGPT e, muito provavelmente, você já ouviu falar dessa tecnologia que usa Inteligência Artificial (IA) para responder perguntas, gerar respostas em linguagem natural, entre outras funcionalidades.

Esse algoritmo, que foi lançado em 2022 e veio para democratizar o uso da IA, tem gerado muitas discussões acerca dos seus impactos, especialmente na área da educação, visto que o uso demasiado da ferramenta para soluções de problemas apresentados em escolas e faculdades, pode gerar resultado negativo nas habilidades de leitura e escrita e, até mesmo, no desenvolvimento de soft skills.

Neste conteúdo, vamos falar sobre a importância da produção textual autoral para o desenvolvimento da leitura e escrita, na era do ChatGPT.

Tempo de leitura: 3 – 5 minutos

Há pouco tempo atrás, existia uma forte associação entre as habilidades de leitura e escrita somente com consequências sociais, com as interações do ser cidadão ao meio onde ele vive, sua cultura, sua forma de ver e viver em sociedade. É questionável se, de alguma forma consciente, se tenha alcançado plenamente este objetivo. A questão é que, no momento em que se vive hoje, é preciso resgatar urgentemente as habilidades de leitura e escrita como uma capacidade essencial, uma aptidão básica para todas as outras aprendizagens e conhecimentos. Fazendo isto, nossa sociedade estará agregando valor às habilidades de leitura e escrita na era da tecnologia.

Qual é a importância de continuar desenvolvendo a habilidade de ler e escrever?

Atualmente, a leitura e a escrita também são pilares para uma boa comunicação. A leitura e a escrita são importantes na vida do ser humano. Ler e escrever estimula a criatividade, trabalha a imaginação, exercita a memória, contribui com o crescimento do vocabulário, com o desenvolvimento das formas de expressão oral, além de outros benefícios.  Saber comunicar -se de forma clara e correta pode auxiliar e muito na realização de uma equilibrada prática educacional, formativa e profissional e, não só, como forma de interação social como se pensava. A comunicação, seja ela verbal, escrita ou gestual, é uma das soft skills mais valorizadas hoje nos ambientes educacionais e no mercado de trabalho. Por este motivo, nunca foi tão importante valorizar essas competências e as pessoas que ainda estão dispostas a fazerem produções de própria autoria.

Leitura e escrita na era do ChatGPT

Mesmo com todos estes pontos positivos, talvez surja o questionamento: Por que precisamos saber ler e escrever na era do ChatGPT, quando um robô pode ser mais ágil, criativo e rápido do que os seres humanos? Justamente porque sabendo ler e escrever de forma crítica, idônea e reflexiva, podemos usar a Inteligência Artificial para apoiar as produções autorais, servindo como um instrumento para a recuperação e síntese de informações que auxiliam a nossa reflexão e construção de conhecimentos relacionados aos conteúdos que estamos produzindo.

Pode-se dizer que, de acordo com PIMENTEL; AZEVEDO; CARVALHO (2023), iniciamos a era da autoria híbrida: humana / IA.  Os pesquisadores fazem uma importante consideração Os pesquisadores fazem uma importante consideração no artigo referenciado no final deste texto, em que a IA não consegue expor na sua escrita as experiências, os dilemas, as perguntas, os medos, as singularidades do autor humano. Está aqui o grande propósito de agregar valor às habilidades de leitura e escrita, de reunir apreço às produções de própria autoria, ou agora, de forma mais contemporânea, de autoria híbrida.

Quando existe uma dificuldade na comunicação, na leitura e compreensão, ou na própria produção escrita, por consequência, a pessoa terá um empecilho ao usar soluções tecnológicas com Inteligência Artificial pois apesar das facilidades que a tecnologia oferece, há uma expressiva diferença entre o repasse de informações objetivas e corretas e os erros que advêm da rapidez e da assertividade. É importante associarmos que ser competente ao ler e escrever é pré-requisito para saber debater, argumentar e desenvolver uma expressão singular, algo bem específico da comunicação humana.

Referências:

PIMENTEL, Mariano; AZEVEDO, Viviane; CARVALHO, Felipe. ChatGPT: a era da autoria híbrida humana/o-IA. SBC Horizontes, 21 mar. 2023. ISSN 2175-9235. Disponível neste link. Acesso em: 23 março de 2023.

Na área da educação, a inteligência artificial passará não apenas pelas inovações em sala de aula, mas também na gestão educacional. Muitos sistemas baseados em IA poderão auxiliar na otimização de processos administrativos, proporcionando uma gestão mais eficiente, objetiva e transparente.
Com a popularização dessa tecnologia, é comum que os professores se deparem com termos desconhecidos e muitas vezes até estranhos. Neste sentido, listamos alguns dos termos mais usados para quando falamos de IA aplicada à educação.

Cadastre-se para receber

nossas novidades