Fique por dentro das nossas novidades 

Blog Gomining

Instituições de Ensino + trabalhabilidade = empregabilidade

Compartilhar em:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

< Voltar para o Blog

Entre tantas atribuições que as instituições de ensino têm, é de suma importância que incluam a responsabilidade de instruir os alunos para que encontrem oportunidades no mercado de trabalho e tenham uma vida profissional de sucesso. Em função disso, prover ações de incentivo à empregabilidade, no momento presente, é muito importante.

A empregabilidade é o conjunto de competências que direcionam a aptidão ou não do profissional para sua atuação em determinada função. Estão diretamente relacionadas a este conceito o domínio das teorias e das técnicas relacionadas a uma profissão e a questões interpessoais, conhecidas como soft skills. Por exemplo: a empatia, o trabalho em equipe, a socialização, a proatividade, a organização, entre outras.

A base da empregabilidade envolve alguns requisitos essenciais que precisam ser levados em consideração pelas instituições de ensino para preparação e formação dos profissionais. Os requisitos começam desde saúde física e mental até ética e relacionamento com os colegas, passando por afinidade com o cargo, reputação, habilidades, competências e uso de tecnologias.

Já a trabalhabilidade foca na ampliação de competências necessárias para que os alunos sejam capazes de gerar renda de forma ampla, não necessariamente por meio de um emprego formal. Mas criando e gerenciando seus próprios negócios. Em meio a crises no mercado de trabalho, as instituições de ensino podem contribuir para que seus discentes superem estes desafios, incentivando o empreendedorismo. As vantagens das instituições com visão na trabalhabilidade são: alunos mais preparados para o empreendedorismo, melhor atuação e capacitação para enfrentamento de desafios e concorrência de mercado, entre outros.

Para envolver as instituições de ensino com os conceitos de trabalhabilidade e empregabilidade, a tecnologia é uma grande estratégia.  Usar ferramentas tecnológicas nessas iniciativas é uma forma de garantir que os alunos e egressos tenham acesso a todas as ferramentas necessárias para desenvolvimento das competências para a trabalhabilidade, e que os processos de aprendizado sejam feitos de forma rápida, eficiente e funcional.

             Os avanços tecnológicos estão gerando mudanças profundas no cenário mercado de trabalho. Esse contexto traz uma série de benefícios que estão moldando a rotina tanto dos trabalhadores quanto das empresas:

  • Tecnologias automatizadas e ferramentas de gestão estão aprimorando a eficiência e o desempenho das operações.
  • Soluções para trabalho remoto e colaboração online estão possibilitando um equilíbrio entre vida pessoal e profissional.
  • Análise de dados e inteligência artificial estão fornecendo insights valiosos para embasar decisões informadas.
  • A crescente demanda por profissionais especializados em tecnologia está abrindo oportunidades para o desenvolvimento contínuo de habilidades.

 

A busca constante pela adaptação às mudanças na intersecção entre emprego e tecnologia é um esforço que capacita os profissionais a impulsionar a inovação em seus campos e a aproveitar as vantagens proporcionadas por essas transformações. Por este motivo, as instituições precisam estar atentas em apoiar os estudantes quanto à trabalhabilidade.

Na área da educação, a inteligência artificial passará não apenas pelas inovações em sala de aula, mas também na gestão educacional. Muitos sistemas baseados em IA poderão auxiliar na otimização de processos administrativos, proporcionando uma gestão mais eficiente, objetiva e transparente.

Cadastre-se para receber

nossas novidades