Fique por dentro das nossas novidades 

Blog Gomining

Benefícios da Inteligência Artificial aplicada à educação

Compartilhar em:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

< Voltar para o Blog

A inteligência artificial (IA) tem ganhado cada vez mais espaço na educação, especialmente pelo aumento da procura pelo ensino à distância, que favorece muito o uso de tecnologias educacionais. Prova disso é o estudo Tendências em Inteligência Artificial na Educação, realizado pela professora Rosa Maria Vicari, que estima o uso de Inteligência Artificial aplicada à educação será ainda maior até 2030.

Além de resolver problemas e operacionalizar atividades repetitivas, cansativas e que normalmente são feitas em um grande volume, a IA também é responsável por potencializar muito os processos de ensino e de aprendizagem, principalmente após a pandemia do Covid-19, que permitiu que tecnologias como a Inteligência Artificial (IA) ganhassem destaque.

Tempo de leitura: 3 – 5 minutos

Segundo a professora Rosa Maria Vicari, “a Inteligência Artificial aplicada à Educação é uma área de pesquisa multi e interdisciplinar, pois contempla o uso de tecnologias da IA em sistemas cujo objetivo é o ensino e a aprendizagem.”

Como funciona a Inteligência Artificial?

A Inteligência Artificial consiste em aplicar algoritmos computacionais para chegar (ou superar) a capacidade humana de aprender e resolver problemas.

A IA funciona por meio da combinação de algoritmos e dados. O primeiro se refere às séries de instruções que determinam o modo como um software funciona e eles ajudam a interpretar o segundo. Ou seja, após a coleta de dados do usuário, a Inteligência Artificial os processa e, baseando-se nas regras estabelecidas no algoritmo, realiza ações específicas.

Áreas da educação que podem aplicar Inteligência Artificial

Praticamente todas as áreas da educação podem (e devem) explorar o uso da IA, mas neste conteúdo vamos dar destaque para duas áreas: Ciência da Computação e Ciência da Aprendizagem.

  • Ciência da computação é a área que estuda dispositivos, ferramentas tecnológicas e metodologias computacionais que informatizam ou automatizam processos, de modo que se criem soluções tecnológicas por meio de processamento de dados. Esta área é importantíssima junto à educação porque, no futuro, a maioria das profissões vai depender de bons conhecimentos em Ciência da Computação.Assim, é fundamental que as crianças e jovens estejam preparados para novas demandas e para que façam parte de uma geração digital qualificada e preparada.
  • Ciência da aprendizagem é uma área do conhecimento que reúne psicologia, neurociência, pedagogia e biologia com o objetivo de entender o processo de aprendizado e encontrar as melhores metodologias para aplicar em sala de aula, seja ela presencial ou virtual. Desta forma, já que se complementam, é impossível separar esses elementos na hora de estudar os fenômenos envolvidos na aprendizagem. Daí a necessidade de uma comunidade acadêmica interdisciplinar, munida de diferentes métodos de pesquisa, combinando métodos qualitativos, etnográficos, quantitativos, computacionais e de mineração de dados.

Em ambas as áreas, a IA viabiliza ampliar as capacidades do professor, permitindo que ele foque na tarefa mais importante: acompanhar os estudantes de forma individualizada, promovendo modelos de aprendizagem mais inclusivos facilitando o dia a dia dos alunos.

Mas, como a Inteligência Artificial pode potencializar o ensino?

Podemos destacar, entre os principais benefícios da IA na educação, a expansão do uso de sistemas tutores inteligentes para ensino personalizado. Essa abordagem permite que os professores analisem o desempenho dos alunos em detalhes e adaptem seus métodos às necessidades deles.

Desse modo, a personalização do ensino garante que os estudantes aprendam de acordo com suas preferências e em seu próprio ritmo, o que proporciona uma aprendizagem mais eficaz.

Além disso, o trabalho dos professores pode ser bastante otimizado pela utilização de IA. Essa tecnologia facilita a avaliação dos conhecimentos dos alunos e a identificação de suas dificuldades, ajudando os educadores a planejarem suas aulas e realizarem suas atividades.

Inclusive, atualmente, já existem sistemas como a Gotexting, ferramenta desenvolvida aqui na Gomining para correção de texto, que usa Inteligência Artificial para automatizar essa ação que antes era feita exclusivamente por seres humanos, sendo um grande apoio pro trabalho dos professores.

Além dos benefícios já citados, ainda podemos mencionar a gamificação, a realidade virtual, robótica, produção de conteúdos, acessibilidade, experiências imersivas, entre muitos outros.

A longo prazo, estima-se que a Inteligência Artificial buscará desenvolver técnicas que leiam o comportamento do usuário em dispositivos inteligentes em pontos emocionais, visando a melhora do desempenho de acordo com as emoções/sentimentos que ele apresente no momento.

Na área da educação, a inteligência artificial passará não apenas pelas inovações em sala de aula, mas também na gestão educacional. Muitos sistemas baseados em IA poderão auxiliar na otimização de processos administrativos, proporcionando uma gestão mais eficiente, objetiva e transparente.
Com a popularização dessa tecnologia, é comum que os professores se deparem com termos desconhecidos e muitas vezes até estranhos. Neste sentido, listamos alguns dos termos mais usados para quando falamos de IA aplicada à educação.

Cadastre-se para receber

nossas novidades