Fique por dentro das nossas novidades 

Blog Gomining

Gomining está entre as melhores Edtechs da América Latina

Compartilhar em:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

< Voltar para o Blog

No início de novembro, a 100 Open Startups, principal plataforma internacional de conexão entre corporações e startups, anunciou o Ranking 100 Open Startups 2022, que reconhece as startups mais atraentes para o mercado corporativo no país. Como nas edições anteriores, além das TOP 100, também foram reconhecidas as líderes em 30 categorias de mercado.

A Gomining, EdTech de Inteligência Artificial especialista em correção automática de textos, conquistou a 9ª colocação na categoria EdTechs – Educação para Crianças e Jovens no Ranking 100 Open Startups 2022.

“Essa conquista nos mostra que estamos no caminho certo, é um incentivo ainda maior para seguirmos buscando a excelência das nossas tecnologias” afirma Simone de Oliveira, co-fundadora da Gomining.

Entre as EdTechs, foram 179 startups com contratos validados de open innovation com corporações, representando um crescimento de 85% em relação ao ano passado. Devido à densidade de startups dessa categoria, as EdTechs foram divididas em dois grupos: Educação Corporativa, e Educação de Crianças e Jovens.

Relacionamento entre as Edtechs e as corporações

Em relação à intensidade dos relacionamentos desenvolvidos com as corporações, as EdTechs tiveram um aumento de 61% na atividade de Open Innovation, alcançando um total de 10.382 pontos no ranking de 2022. Desde 2016, quando teve início a apuração do ranking, o aumento geral de intensidade da prática foi de 93 vezes. 

Para alcançar uma posição de TOP 10, foram necessários 34 pontos. As tendências de inovação mais exploradas entre as EdTechs foram Inteligência Artificial, Big Data & Analytics e Machine Learning, e a indústria que mais se relacionou com esse tipo de startup foi Serviços de Educação, com 7,8% dos relacionamentos, seguida por Serviços Profissionais (7,0%) e Serviços Financeiros (6,1%).

Histórico do Ranking 100 Open Startups

Publicado desde 2016, o Ranking 100 Open Startups se consolidou como o maior ranking corporativo da América Latina e é considerado referência para o mercado. Construído a partir de critérios objetivos – com base nos relacionamentos estabelecidos entre corporações e startups -, a lista reconhece e premia as corporações líderes em open innovation com startups, além das startups mais atraentes para o mercado corporativo.

Em 2022, o Ranking 100 Open Startups registrou mais de 25 mil open startups cadastradas, sendo 3.821 com contratos validados – cerca de 36% mais que as 18 mil cadastradas no ano passado, quando 2.414 tiveram contratos validados.

O evento de premiação teve transmissão simultânea no YouTube e na Noite de Gala Ranking 100 Open Startups 2022, realizada em São Paulo, que reuniu C-Levels, founders e lideranças das TOP Open Corps – anunciadas em outubro – e das TOP Open Startups premiadas. “Com todo o entusiasmo, afirmo que o Brasil possui a maior e mais vibrante comunidade de Open Innovation com startups do mundo. Tenho certeza que as soluções das open startups ajudarão a transformar o mercado e a sociedade”, destaca Rondani.

Conheça a 100 Open Startups

A 100 Open Startups é a plataforma de open innovation pioneira e líder na América Latina, que tem como missão transformar o mercado e a sociedade a partir da inovação pela colaboração entre empresas e startups. Desde 2008, organiza a Open Innovation Week – Oiweek, comunidade que reúne mais de 200 mil profissionais e, desde 2016, publica o Ranking 100 Open Startups, que monitora a evolução da prática da inovação aberta e premia as empresas e startups líderes. A plataforma digital já facilitou mais de 1 milhão de interações que resultaram no registro de quase 70 mil acordos de open innovation e R$ 3,9 bilhões em contratos entre startups e corporações. Atualmente, são mais de 25 mil startups e 7 mil corporações participantes da plataforma.

Na área da educação, a inteligência artificial passará não apenas pelas inovações em sala de aula, mas também na gestão educacional. Muitos sistemas baseados em IA poderão auxiliar na otimização de processos administrativos, proporcionando uma gestão mais eficiente, objetiva e transparente.
Com a popularização dessa tecnologia, é comum que os professores se deparem com termos desconhecidos e muitas vezes até estranhos. Neste sentido, listamos alguns dos termos mais usados para quando falamos de IA aplicada à educação.

Cadastre-se para receber

nossas novidades