Fique por dentro das nossas novidades 

Blog Gomining

Saiba como é feita a Correção da Redação do ENEM

Compartilhar em:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

< Voltar para o Blog

Você sabe como é realizada a correção da redação do ENEM? A redação do Exame Nacional do Ensino Médio, ENEM, é a única parte subjetiva da prova. Sendo assim, isto traz critérios específicos que podem alavancar diferenças para a nota final do estudante.

A Realização da Prova

Durante a realização da prova de redação, o candidato deve partir do tema proposto e dos textos motivadores, sem copiá-los, desenvolvendo uma produção textual que esteja dentro do formato dissertativo – argumentativo, ou seja, defender uma tese sobre o tema, levando em consideração argumentos consistentes. Também, é necessário concluir com uma proposta de intervenção social para o problema exposto no decorrer da redação.

É importante que os participantes leiam e busquem informações pontuais na cartilha de redação do ENEM do referido ano do exame. Nesta cartilha, estão especificados os critérios de correção e como ela acontece. Ainda, é possível acessar exemplos de redação que alcançaram Nota Mil no ano anterior. De forma prática, as redações são avaliadas de acordo com as 5 competências, cada uma somando 200 pontos, totalizando 1000 (mil) pontos. São elas: demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa; compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo; selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista; demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação e elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

O Processo de Correção da Redação

Cada prova é analisada por dois corretores. Caso aconteça de haver uma diferença de 100 pontos em relação à nota final ou 80 pontos em relação a alguma das competências, a prova é analisada por um terceiro corretor. Caso esta diferença ainda continue aparecendo, a redação é avaliada por uma banca que atribuirá a nota final do estudante.

Para não zerar a prova de redação, o participante deve observar que seu texto não tenha fuga do tema, respeite a tipologia dissertativa-argumentativa, apresente mais de sete linhas escritas, não mostre cópia dos textos motivadores ou da proposta, não tenha palavras ilegíveis ou em língua estrangeira. Também é recomendado não entregar a folha de redação em branco, com desenhos ou outros sinais gráficos sem função clara.

Conheça as ferramentas da GoMining

Assim, para estar bem preparado, uma ótima opção é que o candidato possa acessar junto à sua instituição de ensino,  a ferramenta da Plataforma GO ENEM, podendo treinar diversos temas e ter um retorno de correção automática com notas por competência, com dicas e feedbacks detalhados do que precisa ser ampliado na sua redação.

Na área da educação, a inteligência artificial passará não apenas pelas inovações em sala de aula, mas também na gestão educacional. Muitos sistemas baseados em IA poderão auxiliar na otimização de processos administrativos, proporcionando uma gestão mais eficiente, objetiva e transparente.
Com a popularização dessa tecnologia, é comum que os professores se deparem com termos desconhecidos e muitas vezes até estranhos. Neste sentido, listamos alguns dos termos mais usados para quando falamos de IA aplicada à educação.

Cadastre-se para receber

nossas novidades