Fique por dentro das nossas novidades 

Blog Gomining

Preparação para a Redação do ENEM

Compartilhar em:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

< Voltar para o Blog

Para conseguir um bom desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), é muito importante que o estudante atinja uma ótima nota na redação. Dessa forma, é necessário buscar uma preparação efetiva e prática.

Muitas são as maneiras de preparar-se para o ENEM, mas o candidato precisa ter claro de que forma aprende com mais facilidade e, a partir disto, buscar auxílio para praticar a escrita do texto dissertativo-argumentativo. É importante construir uma redação com tese, ou seja, posicionamento crítico e defender diferentes pontos de vista ao longo do texto.

Diante disso, uma preparação adequada consiste em começar analisando o tema da redação e fazer uma leitura cuidadosa da proposta e dos textos motivadores. Em seguida, é aconselhável que o estudante separe as ideias em um rascunho, escolhendo uma tese e elaborando um projeto de texto, com no mínimo, quatro parágrafos: introdução, argumento 1, argumento 2, conclusão ou apresentação da proposta de intervenção.

No rascunho, o candidato deve preocupar-se com o conteúdo e, num segundo momento, com a gramática. Ou seja, as ideias precisam estar bem conexas, fazendo sentido e conectadas à tese a ser defendida. Depois, com atenção, é possível fazer ajustes e correções gramaticais.

É recomendável que a tese seja exposta para direcionar a escrita e mostrar a linha de raciocínio a ser seguida. Na dissertação, os argumentos devem ser usados para convencer o leitor. Assim, cabe defender a tese apresentando ideias que a justifiquem, de forma consistente, com diferentes fatos, exemplos, estatísticas, comparações, menção a autoridades no assunto.

Por fim, é essencial revisar a redação, substituindo palavras repetidas e analisando a coerência do texto. No momento de passar a limpo, é essencial verificar o limite de linhas (30) e não colocar informações fora da área de correção, como rabiscos.

Uma boa preparação planejada é indispensável para atingir uma boa nota. Com a prática textual, observação de elementos a melhorar e reescritas, será possível qualificar cada vez mais a redação e atingir o tão sonhado 1000 no ENEM.

Na área da educação, a inteligência artificial passará não apenas pelas inovações em sala de aula, mas também na gestão educacional. Muitos sistemas baseados em IA poderão auxiliar na otimização de processos administrativos, proporcionando uma gestão mais eficiente, objetiva e transparente.
Com a popularização dessa tecnologia, é comum que os professores se deparem com termos desconhecidos e muitas vezes até estranhos. Neste sentido, listamos alguns dos termos mais usados para quando falamos de IA aplicada à educação.

Cadastre-se para receber

nossas novidades