Fique por dentro das nossas novidades 

Blog Gomining

As TICS e suas possibilidades

Compartilhar em:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

< Voltar para o Blog

Por Sabrina Casali de Almeida de Souza:

Cada vez mais, as TICs (Tecnologias da Informação e Comunicação) ou as TDICs (Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação) estão se tornando imprescindíveis no processo de comunicação,  vivências e aprendizagens. Elas mudaram nossa forma de estudar, trabalhar, se relacionar e se comunicar com o mundo. Com isso, precisamos reconhecê-las comos recursos indispensáveis, trazê-las para perto, para apoiar e facilitar diversos acessos, em vários segmentos, principalmente na educação.

Para começar, precisamos lembrar que a sigla TICs remete a todo e qualquer tipo de tecnologia que trate informação e auxilie na comunicação, seja no formato de hardware, software, rede, máquinas, telemóveis em geral ou serviços relacionados.

Nesse sentido, pensando nas possibilidades que influenciam a àrea da Educação, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) contempla o desenvolvimento de competências e habilidades relacionadas ao uso crítico e responsável das tecnologias digitais tanto de forma transversal – presentes em todas as áreas do conhecimento e destacadas em diversas competências e habilidades com objetos de aprendizagem variados – quanto de forma direcionada – tendo como fim o desenvolvimento de competências relacionadas ao próprio uso das tecnologias, recursos e linguagens digitais –, ou seja, para o desenvolvimento de competências de compreensão, uso e criação de TDICs em diversas práticas sociais.

Assim, as oportunidades com uso de tecnologias devem estar cada vez mais inseridas nos espaços educacionais, promovendo aprendizagens significativas, expressivas e despertando maior interesse e participação dos alunos. Também é importante destacar que o uso responsável das TICs só serão proveitosas ou não, dependendo do jeito que a utilizarmos.

Desta forma, chega-se à conclusão de que como parte da realidade,   o professor não será substituído pelas tecnologias, pois ele será o mediador, o planejador, aquele profissional com o potencial criativo e sensibilidade humana que nunca será substituído pelas máquinas.

É o professor que terá em suas mãos a oportunidade de transformar uma tecnologia numa boa ferramenta de aprendizagem!

Na área da educação, a inteligência artificial passará não apenas pelas inovações em sala de aula, mas também na gestão educacional. Muitos sistemas baseados em IA poderão auxiliar na otimização de processos administrativos, proporcionando uma gestão mais eficiente, objetiva e transparente.
Com a popularização dessa tecnologia, é comum que os professores se deparem com termos desconhecidos e muitas vezes até estranhos. Neste sentido, listamos alguns dos termos mais usados para quando falamos de IA aplicada à educação.

Cadastre-se para receber

nossas novidades