Fique por dentro das nossas novidades 

Blog Gomining

A Inteligência Artificial como apoio na qualificação da escrita dos estudantes

Compartilhar em:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

< Voltar para o Blog

Com toda a movimentação pela qual a educação tem passado, muitos pesquisadores e profissionais da área têm comprovado o quanto a Inteligência Artificial pode trazer benefícios na área do ensino, dentre elas, a própria qualificação da escrita dos estudantes.  Escrever não está entre as atividades mais apreciadas pelos estudantes, por isso, treiná-la de uma forma inovadora e desenvolvê-la com auxílio de tecnologia, pode ser algo muito motivador. É por esta razão que, atualmente,  enfatiza-se que a Inteligência Artificial pode ser um apoio para a qualificação da escrita.

Para conduzir isto a realidade, pode-se começar pensando em transformar o ensino da leitura e da escrita num ambiente personalizado. Trazer  plataformas que fazem o estudante interagir e ter um amparo individualizado, com acesso a materiais diversos como referência e intertextualidade, com feedback rápido, oportunidade de pesquisar e também de  reescrever o que produziu,  é uma  ação educativa bem diferenciada. Esta oportunidade singular em que inserimos  o processo de aprendizagem é algo que faz o aluno entender a escrita como funcional,  que tem utilidade na sua rotina e que faz parte da sua vida social e comunicativa.

Assim, considera-se que a Inteligência Artificial pode se adaptar às necessidades dos estudantes e  também ajudar o professor a compreender de forma mais prática o comportamento dos alunos, oferecendo a ele sugestões capazes de amenizar ou reduzir as dificuldades encontradas pelos educandos, o que pode evitar a desistência de estudar e a própria evasão escolar.

A valorização desta nova maneira de ensinar e aprender a escrita é algo que reconhece que os estudantes de hoje pertencem a uma geração virtual e tecnológica, onde a maior parte das formas de comunicação passa pelo celular e pela internet. Portanto, exercitar uma forma de ler e escrever com auxílio de tecnologia, fará os alunos desenvolverem a comunicação, reconhecendo principalmente a diferença dos tipos de linguagem (formal e informal), como, quando e para quem direcioná-las.

——————————————————————————————————————-

Profª Esp. Sabrina Casali de Almeida de Souza – Time Pedagógico da Gomining

Professora de Língua Portuguesa, licenciada em Letras, pós-graduada em Psicopedagogia e colaboradora da Gomining.

Na área da educação, a inteligência artificial passará não apenas pelas inovações em sala de aula, mas também na gestão educacional. Muitos sistemas baseados em IA poderão auxiliar na otimização de processos administrativos, proporcionando uma gestão mais eficiente, objetiva e transparente.

Cadastre-se para receber

nossas novidades